Sunday, December 25, 2011

Férias Natal



Foto: Andrew Milligan| PA




Foto: Andrew Milligan| PA



Votos  de Feliz Natal para todos os que nos lêem! E que 2012 possa ser um Ano de esperança para o Mundo.


Boas Festas para todos os nossos leitores! Protejam o Ambiente!

Happy Festive season for all our readers! Protect the Environment


Geração 'Green'
24.12.2011

Creative Commons License





Sunday, December 18, 2011

Árvores do Parque Nacional da Peneda-Gerês






No ano do 40º aniversário do Parque Nacional da Peneda-Gerês, que coincide com o Ano Internacional das Florestas, o Fundo Para a Protecção dos Animais Selvagens (FAPAS) acaba de editar o livro "Ávores do Parque Nacional da Penede-Gerês", da autoria de Miguel Dantas da Gama.

Tendo por objectivo ser mais do que um guia sobre as árvores autóctones do único parque nacional português (inclui anotações históricas, dados de distribuição, fichas técnicas e de identificação). 

"São nesta obra retratados os exemplares que, pela sua idade, porte e maior raridade, se encontram entre os mais representativos da vegetação arbórea desta área protegida." 

Contém a descrição de mais de 30 espécies nativas que é antecedida por uma introdução sobre os bosques naturais em que elas ocorrem, nomeadamente os carvalhais. 


Árvores do Parque da Peneda-Gerês


"Árvores do Parque Nacional da Peneda-Gerês" é também um contributo para a preservação da vida selvagem desse espaço natural, o Parque Nacional Peneda-Gerês, na medida em que valoriza verdadeiros ícones vivos do seu património, alertando por outro lado, para os efeitos dos fogos sobre exemplares tão valiosos como são alguns teixos e azevinhos.

Pode ver algumas imagens das páginas centrais do livro aqui

Uma obra muito importante, sem dúvida, para o estudo das espécies autóctones que será uma excelente ferramenta para professores e alunos.
educa

An excellent book about native trees at National Park and Reserve Peneda-Gerês 

Gerês is already part of international nature conservation networks, such as Biogenetic Reserves (Council of Europe), Ramsar Sites (Ramsar Convention), Biosphere Reserves (MAB/UNESCO) and sites covered by the Convention Concerning the Protection of Wortd Cutturat and Naturat Heritage (UNESCO).


Créditos: livro FAPAS


Geração 'green'
13.11.2011

Creative Commons License


Referências | References:

FAPAS

Monday, November 21, 2011

Vamos todos! Plantar Portugal!






No Ano Internacional das Florestas (AIF 2011), Plantar Portugal convida todos os cidadãos, autarquias, escolas, freguesias, escuteiros, associações, bombeiros a unir-se na preservação das florestas portuguesas.

Eis o cartaz da 2ª edição da "Semana da Reflorestação Nacional" que decorrerá a partir de amanhã, dia 21 Novembro até 27 Novembro.


Plantar Portugal é uma organização nacional não governamental que tenta preservar as florestas portuguesas e fomentar o respeito pela Biodiversidade e pelas espécies autóctones.

Durante uma semana, milhares de portugueses vão ao encontro da floresta com o objectivo de a vivenciar, proteger e plantar.

Este o vídeo de apresentação da edição de 2010









Poderão aderir ao movimento ambientalista pelas redes sociais seguindo este tutorial.

Plantar Portugal está no  Facebook se quiser ser amigo e seguir as constantes actualizações.

Não esqueça! É já a partir de amanhã! Plantar Portugal! 


Promova uma acção na sua escola, entre amigos ou com familiares. Mas participe!









In the International Year of Forests, "Plantar Portugal" is a non profit organization that preserves the values of Biodeversity and native species. 

From November 21 to November 27, 2011 it will be the "National Reforestation Week". Plantar Portugal invites schools, and all citizens to go in the forests and plant some trees.

You can follow on Facebook


Geração 'green'

20.11.2011

Creative Commons License



Sunday, November 13, 2011

Clima: Será que o mundo quer mudar?




Foto: Pawel Kopczynski| Reuters


O mundo tem apenas cinco anos para evitar alterações climáticas perigosas e irreversíveis segundo a Agência Internacional de Energia (AIE), que pede mudanças urgentes na forma como se usa a energia.

“Estou muito preocupado” - disse o principal economista da AIE, o turco Fatih Birol, ao jornal The Guardian





No passado dia 9 Novembro, a agência divulgou em Londres o seu World Energy Outlook 2011 com a evolução do sistema energético para os próximos 25 anos.

"O limiar que a comunidade internacional não quer passar é um aumento de 2ºC nas temperaturas médias do planeta; para lá disso, os serviços dos ecossistemas – por exemplo, água e ar limpos, defesa contra inundações e solos de qualidade - não estão garantidos."

O cenário actual não é favorável. A população mundial está a aumentar tendo este ano atingido os sete mil milhões de habitantes. 

"A agência estima que o aumento do consumo energético aumentará um terço entre 2010 e 2035, com a China a consolidar a sua posição enquanto país que mais consome energia: em 2035 deverá consumir 70% mais do que os Estados Unidos. Além disso, a frota de veículos de passageiros deverá duplicar e chegar aos 1,7 mil milhões em 2035."

A AIE prevê também que se continuem a construir edifícios ineficientes e mais centrais de produção de electricidade a carvão e gás natural – depois do abandono da energia nuclear em vários países, especialmente por causa da crise na central nuclear japonesa de Fukushima, em Março. 

“Se os países se afastarem da energia nuclear, o resultado poderá ser um aumento nas emissões equivalente ao que é emitido actualmente pela Alemanha e pela França em conjunto”.

Birol, The Guardian



Foto: Pawel Kopczynski| Reuters
Central a carvão Jaenschwalde (Alemanha)


Num dos cenários previstos pela AIE, a concentração de emissões de dióxido de carbono (CO2) nos próximos 25 anos vai provocar um aumento das temperaturas médias de 3,5ºC. 

Num cenário que não prevê novas medidas governamentais, o aumento da temperatura pode chegar aos 6ºC.

Este quadro “demonstra a urgência e a escala do problema”, disse a directora-executiva da AIE, Maria van der Hoeven.

“Os Governos precisam introduzir medidas mais fortes para orientar os investimentos para tecnologias de baixo carbono”, disse. “Não podemos continuar a depender de usos de energia inseguros e ambientalmente insustentáveis.” 

directora-executiva AIE




Este relatório surge a semanas da conferência da ONU sobre alterações climáticas, a realizar em Durban, na África do Sul, de 28 Novembro a 9 Dezembro 2011.

Os Governos preparam-se, no entanto, para adiar a conclusão das negociações. 

O objectivo inicial seria encontrar um sucessor do Protocolo de Quioto, que expira em 2012. Mas depois de anos de impasse negocial, vários países – incluindo o Reino Unido, Japão e Rússia – propõem a chegada a acordo em 2018 ou 2020. 

"Tarde demais"

Birol 


The 2011 edition of the World Energy Outlook was released on 9 November and brings together the latest data, policy developments, and the experience of another year to provide robust analysis and insight into global energy markets, today and for the next 25 years. Read more here


Geração 'green'

13.11.2011

Creative Commons License

Referências:

Ecosfera|Público
http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1520143

COP17|CMP7
http://www.cop17-cmp7durban.com/


Tuesday, November 08, 2011

Amazónia: menor desflorestação?




Foto: Amazónia


Segundo a notícia, em Agosto 2011, a Amazónia perdeu uma área de 164 quilómetros quadrados, valor inferior aos 265 quilómetros quadrados observados em Agosto de 2010  e também abaixo dos 225 quilómetros quadrados contabilizados em Julho deste  ano (2011). 

"O Governo brasileiro anunciou no passado dia 3 Outubro 2011 que a Floresta Amazónica registou em Agosto passado o seu menor índice de desflorestação desde 2004, início da série histórica produzida pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)."



Foto: Amazónia | Phil P Harris.

"Em declarações à imprensa brasileira, a ministra do Meio Ambiente, Izabella  Teixeira, considerou que o resultado pode ser visto como fruto das últimas  acções governamentais que aumentaram a fiscalização na região desde Abril  deste ano." 
A ministra, mostrou-se "esperançosa", prevendo que a diminuição seja uma tendência para os próximos meses. 
Segundo a mesma fonte, em 2010, a taxa anual de desmate ficou em 7.000 quilómetros quadrados. 

Seria bom! A Amazónia é um dos pulmões mundiais mais belos!


The Brazilian government announced on Otober 3, 2011 that the Amazon Forest registered in last August its lowest rate of deforestation since 2004, the beginning of the series produced by the National Institute for Space Research (INPE).



Geração 'green'

08.11.2011

Créditos: fotos SIC Notícias
Referências: 

Amazónia regista em Agosto menor índice de desflorestação


Creative Commons License



Tuesday, October 04, 2011

Planeta Terra! Quanta beleza!


Não resistimos a partilhar convosco este belíssimo vídeo feito a partir de colagens da série da BBC Planet Earth!

Como é fantástico o nosso planeta! O mundo em que vivemos! Cuidemos do planeta Terra com mais atenção! 

O tema musical adapta-se lindamente! Hoppipola de Sigur Ros, uma banda originária de um país do extremo do planeta, a Islândia.




This fantastic video collage of moments from BBC's Planet Earth series shows how amazingly beautiful is the world we live in!

Sigur Ros is a musical group from Iceland, a country so far from Portugal! But we love its music!


Music: Sigur Ros - "Hoppipolla"
Contains Visual Content From: BBC Motion Gallery (MVR)


Geração 'green'
04.10.2011

Créditos: vídeo Youtube cgmasroor

Saturday, September 24, 2011

Moving Planet 2011





Moving Planet é um dia de acção global que visa levar o planeta para além dos combustíveis fósseis. Com mais de 1 500 eventos em 175 países, está hoje a decorrer, dia 24 Setembro.

Moving Planet é uma manifestação mundial para exigir soluções para a crise climática. Um só dia para ir além dos combustíveis fósseis. 

Utilize a bicicleta, patins, skate, ou simplesmente ande a pé. Junte-se aos seus amigos e vizinhos, à sua família ou a colegas de trabalho. 

Faça parte de algo grande. Procure um evento perto do local onde vive. Poderá consultar o mapa aqui

Ah! Pode também tornar-se amigo de +350 no Facebook ou siga no Twitter @350




350.org's Moving Planet, an international day of climate action to move the world away from fossil fuels and toward a clean, green and sustainable future. 

Three years ago, after leading climatologists observed rapid ice melt in the Arctic and other frightening signs of climate change, they issued a series of studies showing that the planet faced both human and natural disaster if atmospheric concentrations of CO2 remained above 350 parts per million.

Everyone from Al Gore to the U.N.’s top climate scientist has now embraced this goal as necessary for stabilizing the planet and preventing complete disaster.

Thousands of citizen actions in 167 countries around the world on Moving Planet. Find an event near you on the map here




You can follow on Facebook or the hashtag @350 on Twitter. 


Geração 'Green'

24.09.2011
Creative Commons License


Sunday, August 14, 2011

Tempo de férias




Tempo de férias! Em Agosto, é tempo de férias para alunos e professores em quase todos os países da Europa.
Vamos então fazer uma curta pausa. Mas prometemos voltar em Setembro!
 
 
Até lá, deixamos este vídeo. Imagens inspiradoras! Mas também de alerta! Tributo a vários ambientalistas, homens e mulheres que deram a vida pela causa ambiental.




Agust, school time-out in Portugal and most European countries. The students and teachers go on vacation. Time to get some fresh air and breath!


Here a video, a tribute to Earth and to a group of world environmentalists. They lived and died for Earth.

Time to rehab our planet!


We will be back in September!

See you soon!
Geração 'green' 12.07.2011
 

Tuesday, July 12, 2011

SOS, Plásticos à deriva no mar !




Baleia azul | Blue Whale
Photo: Flip Nicklin

Os golfinhos e as baleias não conseguem digerir plásticos. É por engano que baleias e golfinhos ingerem quilos de plástico que se encontram à deriva nos oceanos. 

Esta ameaça mortal para os cetáceos estará em debate na reunião anual da Comissão Baleeira Internacional que começou hoje, 11 Julho 2011 em Jersey (UK).




Cachalote

Em 2008 foram encontrados 134 tipos de plástico nos estômagos de dois cachalotes que apareceram mortos na costa da Califórnia. 

Em 1999, em Biscarosse (França), uma baleia foi encontrada com 33 quilos de plástico no seu organismo.


Sacos de plástico, fios de pesca, pedaços de garrafas e palhinhas para bebidas tornam-se cada vez mais frequentes nos oceanos. 

Tudo isto não consegue ser digerido por cetáceos, tartarugas ou aves, salienta agora um estudo que está a ser debatido na "Comissão Baleeira Internacional", em Jersey.




Golfinho | Dolphin
“A ameaça dos detritos marinhos de plástico para muitos animais marinhos é conhecida há muito tempo. Mas a ameaça para as baleias e golfinhos é menos clara”, comentou o autor do estudo, Mark Simmonds, cientista da "Sociedade para a Conservação de Golfinhos e Baleias" (WDCS), organização não governamental britânica.

“Ainda assim, sabe-se que estes resíduos podem fazer mal aos cetáceos, por ingestão ou por ficarem enredados”, acrescenta Simmonds.




Baleia cinzenta | Gray Whale
photo : (c) BobTalbot


“Em muitas regiões, as carcaças de baleias que deram à costa não são registadas ou analisadas. E mesmo quando essa análise é feita, não se costuma olhar para os plásticos encontrados nos intestinos”, confirma Chris Parsons, biólogo da Universidade George Mason de Fairfax, nos Estados Unidos.

Em Fevereiro, o Programa da ONU para o Ambiente (PNUA) alertou para os milhões de pedaços de plástico que ameaçam os oceanos por asfixia, devido à utilização cada vez maior do plástico e de percentagens de reciclagem ainda  baixas.




Pásticos à deriva no mar | Plastics on the sea 


Estes detritos acumulam-se, essencialmente, nas rotas de navegação, nos bancos de pesca e nas zonas de convergência oceânica, formadas por correntes e ventos. É aí que os cetáceos encontram alimento abundante.

“O efeito mais evidente é a interferência com o processo de alimentação”, salienta Chris Parsons. 

Mas a presença de pedaços de plástico muito pequenos, inferiores a cinco milímetros, no aparelho digestivo, tem outro efeito nefasto: parece facilitar a absorção pelo organismo de poluentes como o PCB (policlorobifenilos).

Mark Simmonds espera que a "Comissão Baleeira Internacional" leve a sério esta ameaça.




Tartaruga e pásticos no mar | Turtle and plastics on the sea 


A WDCS vai pedir para que esta comissão subscreva o "Compromisso de Honolulu", um apelo internacional lançado em Março no Havai para incitar os governos, associações, indústrias e cidadãos a agir para reduzir os detritos marinhos.

A 63ª Reunião Anual da Comissão Baleeira Internacional está portanto a decorrer desde hoje, dia 11 Julho até 14 de Julho na ilha de Jersey, nas ilhas Britânicas. 

A assembleia vai debater o futuro da própria "Comissão Baleeira Internacional", os santuários onde a caça é proibida e o estado das populações das várias espécies, desde a baleia-anã à baleia-de-bossa, passando pelas baleias-francas, com base em relatórios científicos. 

Os delegados vão ainda debruçar-se sobre várias das ameaças às baleias - como os derrames de combustível, doenças, alterações climáticas - o chamado whalewatching e os planos de conservação a decorrer.

AFP | Público


Discarded plastic litter is killing marine wildlife. One of the biggest killers is plastic shopping bags. Even if disposed of responsibly, they can blow from landfills, making their way out to sea and into the stomachs and around the limbs of whales, seals, birds and turtles.

The 2011 meeting of the International Whaling Commission is taking place in Jersey from now July 11 until July 14th. The WDCS team will be there fighting on behalf of the whales. Read more here


Geração 'green'


12.07.2011

Referências:

Ecosfera