Monday, December 17, 2012

Pausa Natal




Snow leopard Pakistan
photo: unknown



photo: Raigo Pajula/AFP/Getty Images



photo: James Devaneyware




photo: peupleloup, flickr


photo : unknown



photo: Sergey Gorshkov (Russia)


As férias de Natal chegaram. E assim Geraçao 'green' fará uma pausa. Tal como em anos anteriores, dedicamos este post aos nossos melhores amigos, os animais.

O frio, a neve, aí estão um pouco por todo o mundo! Também a Europa atravessa mais um rigoroso inverno.

Nem sempre a beleza das imagens destes animais nos deve fazer esquecer as dificuldade que se abatem sobre algumas espécies com menos resistência às baixas temperaturas.

It's Christmas holiday! So our blog will stop for some days. We will be back in two weeks.

Heavy snow that fells in Europe and other continents. The pictures are beautiful but we must think about the potential devastating effect on the local animals and ecological systems.



Boas Festas para todos os nossos leitores seguidores e visitantes! Protejam, os animais! E cuidem o Ambiente!

Happy Festive season for all our readers, followers and visitors! Protect the animals! And take care of the Environment!


Geração 'Green'
16.12.2012


Nota: Algumas fotografias não têm autor identificado e foram retiradas da página Wild for Wildlife and Nature


Note: Some photos don't have photographer's name and are published on the timeline of Wild Wildlife and Nature.


Creative Commons License


Friday, December 07, 2012

Associação Burricadas Portugal




Muriel Bernardou

Depois da campanha para salvar o Lobo Ibérico, eis que surge a campanha para salvar o burro, um animal que sempre apoiou o homem nas suas lides agrícolas e que sa sabe agora oferecer qualidades terapêuticas para crianças com deficiência.

Mas vejamos como isto começa. A Associação Burricadas e a Reserva de Burros uniram-se nos esforços para a criação de um novo programa de conservação para proteger o  burro, mais uma espécie ameaçada em Portugal. 

Ao mesmo tempo, como já referimos, esta campanha ajuda em simultâneo pessoas que beneficiam da interacção com os burros por razões educacionais e de saúde.


É necessária a construção de novas instalações para abrigar mais animais e para iniciar um Programa de Asinoterapia dirigido a pessoas portadoras de deficiência.

Com esta campanha pretende-se construir instalações no novo Parque dos Burros que irão abrigar 40 animais desta espécie, contribuindo para a sua conservação e,  reunir condições que permitam concretizar um projecto de utilização do burro como animal terapêutico.

Ao dar utilidade a estes animais, contribuir-se-à para a preservação da espécie. As actividades do programa Asinoterapia beneficiarão pessoas com diversos tipos de perturbação, desde o indivíduo que se encontra com desordens a nível emocional, em estado de depressão ou ansiedade, até ao portador com deficiência profunda.


http://www.burricadas.org/


Associação Burricadas para a Preservação do Burro é uma associação sem fins lucrativos, criada em Março de 2007, com o objectivo de divulgar e preservar o burro em Portugal.

Abrigo do Jumento foi criado pela Burricadas para acolher burros velhos, abandonados e/ou maltratados, funcionando como um refúgio onde os animais recebem todos os cuidados necessários ao seu bem-estar.




Em 1940 havia cerca de 270 mil burros em Portugal e no final dos anos 90 apenas 40 mil animais. Actualmente no nosso país, o total de animais não chega aos 10 mil e continua em progressivo decréscimo.

Este projecto vai criar condições para realizar sessões de terapia com diversos tipos de público, em particular com pessoas portadoras de deficiência física ou mental, incluindo crianças e idosos. 

Síndroma de Down, autismo, paralisia cerebral, hiperactividade, distrofias musculares, dificuldades na aprendizagem e na fala, atraso no desenvolvimento neuro psicomotor, doença de Alzheimer e desordens emocionais são algumas das patologias a que se destinam estas técnicas terapêuticas que actuam a nível físico, emocional e mental.

Projecto com desenvolvimento sustentável que se preocupa com a preservação de uma espécie ameaçada, com o bem-estar animal e com a vida das pessoas.

Irá também contribuir para a investigação e conhecimento sobre os benefícios da Asinoterapia, quer para a pessoa quer para o animal, através de protocolos estabelecidos com Instituições de Apoio ao Deficiente e com Universidades.

Permite assim iniciar um trabalho inovador em Portugal que se tem revelado de grande sucesso em outros países como Espanha, Inglaterra, França.



Escolas:

Uma escola ou uma turma poderá apadrinhar um burro visitando a página "Burros para apadrinhar" e escolhendo o animal que pretende apoiar aqui
Para tal, terá que fazer o pedido por email ou via telefone. Acredite que há vários animais à sua escolha.

Poderia ser um excepcional projecto de turma, numa actividade transcurricular. Se é professor, pense nisso. Se é aluno, divulgue junto de seus colegas de turma e exponham o vosso projecto aos vossos professores.

Ensino Especial: se a escola estiver situada perto do Grupo Burricada, poderá ser uma terapia recorrente em muitos casos de alunos portadores de deficiência.





O burro foi um dos animais mais utilizados pelo homem e de maior difusão em todo o mundo. 

A sua domesticação remonta aos tempos em que se iniciou a agricultura, sendo essencial na evolução dos seus processos através dos tempos. 

O uso deste animal ao serviço do homem já nos é relatado desde os tempos mais remotos, nas grandes movimentações populacionais, nas caravanas de mercadorias e outras migrações provocadas por guerras ou catástrofes naturais. 

Em Portugal a popularidade e proliferação do burro devem-se à sua natureza robusta e às características comportamentais deste animal.

Oriundo de regiões semidesérticas, é um mamífero de médio porte, de focinho e orelhas longas, adaptado às condições climatéricas mais inóspitas, solos pobres e relevo acidentado, dotado de grande resistência física e robustez, que o tornam capaz de suportar grandes cargas.

Infelizmente com a mecanização da agricultura e o desenvolvimento dos transportes, os burros perderam a sua utilidade, encontrando-se actualmente em vias de desaparecimento. 

Com a perda deste animal da nossa paisagem rural, fica também para trás toda uma história de cumplicidade e afectos que marcou gerações e deixou traços profundos na cultura e tradição portuguesa. 

Desconsiderado e relegado para segundo plano por comparação com outros animais domésticos, nunca foi devidamente valorizado e foi por isso muitas vezes esquecido no que diz respeito a medidas de protecção.



In 1940 there were around 270 thousand donkeys in Portugal and in the late ’90s only 40 thousand animals. Currently in our country, the total number of animals does not reach 10 thousand and continues to progressively decrease.

The Donkey has a docile and patient temperament, allowing a very satisfying and smoothly work with a variety of different audiences. Your contribution on this campaign will allow us to improve the levels of trust to many individuals with varying difficulties.



The Association Burricadas and the Donkeys' Reserve (Reserva de Burros) joined forces in creating a new conservation Program to protect donkeys, an endangered species in Portugal, while helping people in different and exciting ways.


We need your help in order to build new facilities to shelter more donkeys and start the new Donkey-Assisted Therapy Program that work with disabled people. See our Crowdfunding Campaign here 

Geração 'green'
07.12.2012
Creative Commons License

Referências | References:

Abrigo do Jumento
http://www.burricadas.org/

Donkey Shelter Portugal
http://www.burricadas.org/page15.htm

Save de Donkeys helping People
http://www.indiegogo.com/SaveDonkeys-HelpingPeople

Asinoterapia: utilização do burro como terapia
http://setepinceladas.wordpress.com/2010/10/04/asinoterapia-utiliza-o-burro-como-elemento-terapeutico/

Asinotherapy:  children and adults with complex special needs
http://lathamcenterspws.blogspot.pt/2011/07/latham-centers-asinotherapy-program.html