Wednesday, September 06, 2017

6ª Extinção em massa de Vida na Terra !




Illustration by David Hughes





Gibão-cinzento
créditos: D.R. Gerardo Ceballos

Metade dos animais que em um dia povoaram a Terra desapareceram. O último pombo-correio (Ectopistes migratorius) morreu cativo no zoológico de Cincinnati (EUA) em 1914.


Pombo-correio
créditos: Getty Images

Na prática, a ave que tinha sido a mais abundante do planeta estava havia anos em processo de extinção.

Décadas antes, o pombo-correio percorria os céus da América do Norte em bandos de milhões.

Mas com a chegada de colonos, alteraram seu habitat e caçaram-no até que restassem os pombos nozoos

A história é velha, mas continua repetindo-se. Um estudo mostra que hoje cerca de um terço dos vertebrados terrestres perdeu a maior parte dos exemplares que chegaram a ter. E esse é o prelúdio da sua extinção.





Morcego Pipistrellus, Ilha de Natal
créditos: LindyLumsden/ via Mongabay

Não tocaram sinos quando morreu o último peixe da espécie Megupsilon aporus ou quando desapareceu o último morcego Pipistrellus da Ilha de Natal. 

Mas os cientistas avisam que estas extinções são o prelúdio para uma extinção em massa a nível global. A 6ª extinção em massa de vida na Terra está a acontecer de forma mais rápida do que se previa, resultando numa "aniquilação biológica" da vida selvagem, alertam.

Duas espécies de vertebrados desaparecem para sempre todos os anos, em média, mas apesar deste ritmo parecer lento, investigadores da Universidade de Stanford alertam para a tendência de declínio: segundo um estudo publicado em Julho 2017, mais de 30% das espécies vertebradas estão em declínio, tanto em termos de população como de distribuição geográfica.




Elefantes, Africa
créditos: Tony Karumba( AFP

"Trata-se de uma aniquilação biológica que ocorre a nível global, mesmo que as espécies a que pertencem estas populações ainda existam em algum local na Terra", afirma um dos autores do estudo, Rodolfo Dirzo, professor de biologia na Universidade de Stansford.

De acordo com a agência France Presse, os investigadores traçaram a carta da distribuição geográfica de 27.600 espécies de pássaros, anfíbios, mamíferos e répteis, uma amostra que representa quase metade dos vertebrados terrestres conhecidos. Analisaram declínios de população numa amostra de 177 espécies de mamíferos entre 1990 e 2015.




credits: Gerardo Ceballos, Paul R. Ehrlich & Rodolfo Dirzo
science researchers

  • Destes 177 mamíferos, todos perderam pelo menos 30% das suas áreas geográficas e quase metade perdeu pelo menos 80%.

    Cerca de 40% dos mamíferos, entre eles rinocerontes, orangotangos, gorilas e grandes felinos, sobrevivem com 20% menos de território do que seria desejável.

    O declínio dos animais selvagens é atribuído sobretudo ao desaparecimento do seu habitat, ao consumo excessivo de recursos, à poluição e ao desenvolvimento de espécies invasivas e de doenças. As alterações climáticas também têm contribuído e este declínio tem-se acelerado, alertam os investigadores.



    Girafas/ Ithala Game Reserve, 
    northern KwaZulu-Natal, South Africa
    credits: Luca Galuzzi

    "Algumas das espécies que estavam relativamente seguras há 10 ou 20 anos", como os leões e as girafas, "estão agora em perigo", avisam.

    Esta "perda massiva" em termos de população e de espécies "é um prelúdio do desaparecimento de muitas outras espécies e do declínio do ecossistema que torna a civilização possível", advertiu o autor principal do estudo, Gerardo Ceballos, da Universidade Nacional Autónoma do México.

    Os investigadores apelam ainda a que se faça algo contra as causas deste declínio da vida selvagem, em especial a sobrepopulação e o excesso de consumo.




    A rare male king cheetah, a lion, a pangolin and a orangutan
    credits: Clockwise from top left: John Wessels/AFPr/ Getty Images, Ben Curtis/AP, Roslan Rahman/AFP/ Getty Images, Ulet Ifansasti/ NYT

    Clockwise from top left: A rare male king cheetah, a lion, a pangolin and a orangutan, all members of species that have experienced sharp declines in recent decades.

    From the common barn swallow to the exotic giraffe, thousands of animal species are in precipitous decline, a sign that an irreversible era of mass extinction is underway, new research finds.

    The study, published Monday in the Proceedings of the National Academy of Sciences, calls the current decline in animal populations a “global epidemic” and part of the “ongoing sixth mass extinction caused in large measure by human destruction of animal habitats. The previous five extinctions were caused by natural phenomena.




    crédits: Gerardo Ceballos, PNAS 2017/ UICN

    Gerardo Ceballos, a researcher at the Universidad Nacional Autónoma de México in Mexico City, acknowledged that the study is written in unusually alarming tones for an academic research paper. 

    “It wouldn’t be ethical right now not to speak in this strong language to call attention to the severity of the problem,” 

    Gerardo Ceballos

    Dr. Ceballos emphasized that he and his co-authors, Paul R. Ehrlich and Rodolfo Dirzo, both professors at Stanford University, are not alarmists, but are using scientific data to back up their assertions that significant population decline and possible mass extinction of species all over the world may be imminent, and that both have been underestimated by many other scientists. Read more 


    Geração 'green'

    06.09.2017

    Creative Commons License


    References:

    DN/ Sociedade/ NYT/ Climate


    Tuesday, September 05, 2017

    Geração Verde : Apresentação projecto






    Earth Day 2008

    No dia 22 de Abril celebrou-se o Dia Verde 2008. O dia 22 de Junho é denominado Dia do Planeta ou Earth Day.

    O projecto Os Torrinhas Verdes, hoje Geração Verdenasceu da proposta da Professora Gina Souto aos seus alunos, aprendizes ambientalistas para participar nas actividades de Earth Day 2008.

    Um evento que teve origem nos Estados-Unidos e que junta, neste momento, cerca de oitocentos e cinquenta e oito mil participantes de vários países a nível mundial.

    Os Green Torrinhas estão inscritos desde 14 de Janeiro de 2008. São alunos das Turmas G|H|I do 5º Ano da Escola Francisco Torrinha (Portugal) que desenvolvem actividades curriculares e extracurriculares de intervenção ambientalista na comunidade escolar, nos curriculos Língua PortuguesaCidadania, dois vastos campos abertos à intervenção e à criatividade.

    As suas convicções ambientalistas começaram com a participação no Ano Polar Internacional 2007-2008.






    ICT & curricula

    Os Torrinhas Verdes | Geração Verde adquiriram assim competências no domínio das TIC inseridas nos currículos de Língua Portuguesa, Cidadania, adquirindo aprendizagens em tempo curricular e extracurricular.

    O blogue Geração Verde foi criado por um grupo voluntário de alunas e alunos que, coordenado pela Professora Gina Soutose reúne em horas extracurriculares, como actividade de enriquecimento curricular.

    Nas aulas, todos os alunos se dedicaram a Actividades que foram desenvolvidas até ao dia 22 Abril - Dia Verde 2008

    Entre outros projectos, organizaram um Jornal de Parede nos placares de salas das respectivas turmas que foi sendo actualizado semanalmente por grupos alternados de alunos, devidamente escalonados.

    Durante a semana de 17 de Abril a 21 de Abril festejaram então a Semana Verde em toda a comunidade escolar que culminou nos dias 20-21 de Abril com o Dia Verde 2008.



    This blog Geração Verde (Green Generation) is a students' project in collaboration with the Teacher Gina Soutoo as a tutor and e-tutor in extra activities in Languages curriculuminspired by Earth Day 2008. This blog published by a group of young environmentalists students who participated in Earth Day activities from 2008 to 2010.

    Geração Verde blog created in Languages cross-curricular - Portuguese mother language and French foreign language - was published by young students of a secondary school in Porto, Portugal, as a participation at Earth Day activities for some years (2007-2010). 

    "Earth Day Network is a global leader in promoting environmental education and green schools. Our award-winning Educator's Network provides resources for teachers educating for a sustainable future"



    Now, only a small group of students and  me, as e-tutor, continue this project Geração Verde (Green Generation) and Geração Polar (Polar Generation).

    Geração Polar blog (Polar Generation) was developed as a pedagogical extra-curriculum activity in Languages and Civics curriculum, created as a participation at the International Polar Year 2007-2008 (IPY). 

    Students are publishing stories, some news, events, photos and videos concerning "Environmental Education" and me as e-tutor, when we have some free time. 

    I don't teach face-to-face anymore at school neither the students are studying at the same school. They grew up. They are in College now.

    Together in collaboration, we meet on the internet, and continue both blogs Green Generation and Polar Generation by pleasure as young environmentalists.


    A Professora | The Coordinator

    G-Souto

    27.03.2008

    Creative Commons License

    Actualizado em 06.09.2017
    Updated September 6,2017


    Tuesday, August 01, 2017

    Blog em Pausa : Vamos Salvar Tigres com uma Sefie ?








    Tiger selfies inspired by six artists

    O Dia Internacional do Tigre foi celebrado há muito poucos dias. Mais precisamente no dia 29 Julho. Também conhecido como Dia Mundial do Tigre, este chama a atenção da comunidade global para a necessidade de conservação dos tigres.

    O objectivo é definir um estratégia global que permita a protecção deste animal em vias de extinção e do seu habitat.



    Tigre fêmea e sua cria
    créditos: National Geographic

    A data, 29 de Julho foi criada em 2010 na Cimeira Internacional de São Petersburgo, dedicada à conservação do tigre.

    Nessa altura já se contavam somente 3 200 tigres em estado selvagem e em apenas 13 países.

    O intuito estipulado nessa cimeira, foi duplicar o número de tigres selvagens até 2022 de modo a atingir o número de 7 000 tigres selvagens.



    Tigre

    O tigre é o maior felino do mundo, com cerca de 2,5 metros e 220 quilos. As suas patas “almofadas” abafam o som e permitem a este predador capturar as suas presas silenciosamente após quilómetros de viagem. 

    É uma criatura magnífica, com as suas riscas pretas no pelo laranja e amarelo, que permite a preservação de um ecossistema saudável com a eliminação de portadores de doenças. É um animal solitário que se encontra predominantemente na Ásia.

    No início do século XX existiam cerca de 100 000 tigres selvagens. Hoje rondam os 3 500! Uma queda de 96% em 100 ano e, se não se fizer nada, daqui por muito pouco tempo podem não existir tigres.





    Tigre

    Assim a World Wide Fund for Nature (WWF) e a Tiger Beer (uma cerveja de Singapura) uniram-se para chamar atenção para o problema e inspirar pessoas de todo o mundo a lutar contra o comércio ilegal desta espécie.

    Os tigres estão sobretudo ameaçados pela desflorestação e perda do seu habitat. Mas também pela caça furtiva para uso de partes do seu corpo na medicina tradicional asiática. E pelas suas peles, infelizmente.



    Tiger3890
    credits: WWF

    Na campanha, seis artistas colocaram o seu talento ao serviço desta causa. Uma peça de arte que agora podemos escolher e juntar à nossa selfie, divulgando a campanha. 

    Hua Tunan (China), Mademoiselle Maurice (França), Kenji Chai (Malásia)Nootk (Rússia)Nick Gentry (Reino Unido) e Tran Nguyen (Estados Unidos), são os seis artistas cujo estilo vai ser automaticamente gerado criando um estilo personalizado para cada selfie submetida. 


    American rapper Dumbfoundeads selfie art enerated by AI in the artistic style of 3890 Tigers artist Kenji Chai (Malasya)

    Um hub digital está ao vivo no 3890Tigers.com, onde os utilisadores podem fazer o upload de uma selfie para serem recriadas como peças de arte inspiradas pelo tigre e estilixadas via IA, pelos seis artistas que se juntaram a este projecto.

    "O consumidor pode enviar suas fotos para a nossa ferramenta, editá-la rapidamente, usando nossa ferramenta de corte personalizada e, em seguida, escolhe o estilo de artista por quem deseja que sua selfie seja criada".



    Artwork by Russian artist Nootk

    Vão directamente ao site 3890Tigers.comMas antes, vejam este vídeo, para compreender melhor a campanha e saber como se pode contribuir.

    Agosto chegou. Tempo de férias. Em Portugal, bem como em muitos países da Europa, e de outros continentes, alunos e professores retemperam energias.

    E Agosto entrou com sol, mas um pouco fresco. No entanto, muita vontade de passear, ir à praia, andar a pé no parque da cidade, ou dar uma volta, ao fim-de-tarde, na cidade que está  muito animada, cheia de turistas.

    É tempo de fazer uma curta pausa, como já é usual. Prometemos voltar em Setembro!




    WWF
    Tigers3890 campaign


    Tiger Beer has collaborated with WWF on a substantial donation and awareness-raising campaign to help clamp down on the illegal tiger trade.


    The 3890Tigers initiative has been named so because in the last century the number of tigers estimated to live in the wild has dropped from around 100,00 to around 3,890, a figure the brand is intent on propagating back to a substantial number.
    A digital hub is live at 3890Tigers.com where users can upload a selfie to be reimagined as Tiger-inspired, AI-generated pieces of art, stylised by six leading artists. 


    Tran Nguyen (USA)
    “The consumer can upload their photos to our tool, edit it quickly using our custom built cropping tool, then choose which artist style they want to have their portrait created in."
    The striking campaign looks to raise awareness around the plight of the tiger and ultimately drive donations to WWF to bolster conservation efforts.


    Tiger3890's Artistsblog
    China’s Hua Tunan, France’s Mademoiselle Maurice, Malaysia’s Kenji Chai, Russia’s Nootk, the UK’s Nick Gentry or USA’s Tran Nguyen are the artists whose style will be automatically generated in a unique way by each time a user submits a selfie. 
    “Each of the six artists contributed a self-portrait which helped guide the final output. They also created unique elements that make up each individual selfie artworks. For Mademoiselle Maurice, this was her colourful origami pieces, for Hua, a multitude of tigers to use in various compositions." Read more here


    In Portugal - we're a group of Portuguese students - if you don't know, as in most European countries, and other continents, August is summer break. The students and our former teacher (the coordinator) will enjoy holiday time, after the last exams (college) and school work.

    We will be back in September, as usual.

    Hope you are enjoying this project Tigers3890 and will participate uploading a selfie! The cause is crucial! We love tigers!

    By the way, don't forget to visit our polar blog Geração Polar.


    Geração 'green'

    01.08.2027

    Creative Commons License

    Thursday, June 08, 2017

    Dia Mundial dos Oceanos : Nossos Oceanos, Nosso Futuro !





    credits: © iStock.com


    "A healthy ocean requires robust global knowledge of ocean science. We cannot manage what we cannot measure, and no single country is able to measure the myriad changes taking place in the ocean."

    Irina Bokova, Director-general UNESCO

    Hoje é Dia Mundial dos Oceanos. Depois de celebrarmos o Dia Internacional da BiodiversidadeDia Mundial do Meio Ambienteeis-nos de novo a chamar  a atenção para o Dia Mundial dos Oceanos.

    O conceito de um Dia Mundial dos Oceanos foi proposto pela primeira vez em 1992 pelo Governo do Canadá, depois omo de uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas aprovado em 2008.




    créditos: ONU

    O tema do Dia Mundial dos Oceanos 2017 é "Nossos Oceanos, Nosso Futuro" de modo a acabar com poluição provocada pelos plásticos.

    Um oceano saudável é um planeta saudável, e um planeta saudável é absolutamente vital para o bem estar das futuras gerações.

    Os oceanos ocupam dois terços da superfície da Terra e pela interacção com a atmosfera, litosfera e biosfera têm um papel importante nas condições climatéricas do planeta. 




    créditos: IPMA

    Por outro lado, os oceanos não são apenas o habitat de um vasto número de plantas e animais. Fornecem também comida, energia e múltiplos recursos aos seres humanos.

    Mais de três biliões de pessoas dependem da biodiversidade marinha e costeira para subsistir.




    Plásticos nos oceanos
    créditos: Ay Directo/AFP/Getty Images

    Um relatório divulgado pelo Fórum Económico Mundial refere que, se o nível de utilização dos plásticos, a nível mundial se mantiver, em 2050 os oceanos vão ter mais plástico do que peixe, em peso.



    via @wef

    A cada ano, pelos menos oito milhões de toneladas de plásticos são despejadas no oceano, ou seja, o equivalente a despejar um camião de lixo no oceano por minuto, lê-se no relatório. Se não forem tomadas medidas urgentes, as previsões apontam para um aumento, em 2030, para dois camiões por minuto e quatro por minuto em 2050.

    Se assim se continuar, em 2050, haverá mais plásticos do que peixes. As estimativas foram realizadas, partindo do princípio de que os stocks de peixe se manterão equivalentes durante o mesmo período.

    Quando mudará o mundo, ou melhor as pessoas, de modo a proteger-mos os oceanos?



    credits: UN Photo/ Michele Hall (USA)
    Winner 1st Prize contest Human Interaction 2016

    Today, we celebrate World Oceans Day. May 22 we celebrated the International Day for Biological Diversity (IDB) to increase understanding and awareness of biodiversity issues. And June 5, World Environment Day.

    "The oceans cover about two-thirds of the surface of the Earth and are the very foundations of life. They generate most of the oxygen we breathe, absorb a large share of carbon dioxide emissions, provide food and nutrients and regulate climate. They are important economically for countries that rely on tourism, fishing and other marine resources for income and serve as the backbone of international trade."





    This year’s theme for the Day is “Our oceans, our future” and is connected to the Ocean Conference taking place from 5 to 9 June at United Nations headquarters in New York.

    Portugal is an Ocean countryThe Sea is a mean of communication and transportation, a source of food and medicines, of energy and living resources. The Ocean creates employment and promotes the economy of the country.






    The ocean is the heart of our planet. The world has one ocean and its health is critical. 
    Despite its crucial role in contributing to poverty eradication, global food security, human health, economic development and curbing climate change, our ocean is increasingly threatened, degraded or destroyed by human activities, reducing their ability to provide crucial support to our ecosystem. 


    credits: infographic World Oceans Day
    Today nearly everyone, everywhere, every day comes into contact with plastics. Plastics have become the ubiquitous workhorse material of the modern economy. And yet, while delivering many benefits, the current plastics economy has drawbacks that are becoming more apparent by the day.

    Significant economic value is lost after each use, and given the projected growth in consumption, by 2050 oceans are expected to contain more plastics than fish (by weight), and the entire plastics industry will consume 20% of total oil production and 15% of the annual carbon budget. 

    How can we turn the challenges of our current plastics economy into a global opportunity for innovation and value capture, resulting in stronger economies and better environmental outcomes?





    Let's Wave For Change!

    How will you celebrate World Oceans Day? Share your stories, pictures, videos – anything goes to show your engagement.

    Tag your Facebook and Twitter posts #WorldOceansDay and get in on the worldwide engagement and celebations.

    This is your portal to tune into all that is happening worldwide around World Oceans Day.  Search for news, resources and more here

    Geração 'green'

    08.06.2017
    Creative Commons License